• Mobiltracker

Já tenho um rastreador. E agora, o que eu faço?



Você já tomou a decisão de rastrear por conta própria. Pesquisou, escolheu o melhor rastreador para a sua necessidade, comprou e já até recebeu. Mas os desafios da nossa Jornada não acabam por aí. Agora, é preciso escolher um chip celular para seu equipamento funcionar. Parece simples, mas diariamente recebemos muitos contatos de usuários do Mobiltracker dizendo: Como eu faço para escolher o chip? E é com foco nessa resposta que começamos nosso post de hoje: a escolha do chip e suas configurações. Se você não leu o post anterior sobre a escolha de um rastreador, clique aqui. Para que um rastreador funcione, é indispensável que tenha nele um chip celular inserido, iguais os que usamos em nossos telefones. Primeiro, analise qual operadora tem a melhor cobertura na região onde você irá circular. Pode ser Vivo, Telefônica, Tim, Claro, Oi, Vodafone, ou outras. Adquira um pacote que contenha SMS e dados para que o rastreador seja configurado, e também para que ele envie as devidas informações para o Portal Mobiltracker. Qual a quantidade de SMS e dados necessária? Em relação ao SMS, sempre recomendamos um plano ilimitado. É barato e você não corre o risco de ficar sem saldo bem no dia que seu veículo é furtado. Para que arriscar, não é? Já para dados, a história é um pouco diferente. Vai depender do intervalo de monitoramento que você vai utilizar e do tamanho da informação que vai circular entre o equipamento e o servidor. Por isso, para garantir um tráfego seguro de informações, recomendamos um plano que tenha ao menos 50mb por mês, pois é através da internet que você pode ver no Mobiltracker o seu histórico de localização e todas as outras informações de rastreamento. Veja também: Conceito de rastreador sem mensalidade. Comprei o chip. E agora? Para que seu rastreador funcione, ele deve ser configurado. E para isso, há dois caminhos: - Configuração manual: Pegue o manual do seu rastreador e execute a partir de um telefone celular todos os comandos descritos. Cada modelo tem um padrão de comandos diferente. Por isso você deve ter o seu manual em mãos. Você vai digitar mensagens e enviar por SMS para o número do chip do rastreador, que retornará com a confirmação do comando. Não é a coisa mais simples do mundo, mas funciona. Reserva ao menos 2 horas para esse processo. - Utilizando o Mobiltracker: Para simplificar esse processo, o Mobiltracker possui um assistente automatizado, compatível com a maioria dos rastreadores do mercado. Tenha em mãos o manual do seu equipamento. Quando você for adicionar um rastreador no sistema, ele irá perguntar alguns dados do seu rastreador, qual o modelo e o padrão de comandos do seu equipamento. Essa informação encontra-se no manual. Selecionando esses dois campos, o sistema estabelece automaticamente a comunicação com o seu equipamento, desde que ele esteja ligado e com o chip de dados e SMS ativo. Esse processo todo pode levar uns 15 minutos. Lembramos que não é apenas para a configuração que você vai utilizar os comandos (SMS). Caso necessite enviar um comando, por exemplo, de parada ou bloqueio, também será utilizado esse mesmo recurso. Logo, tenha sempre seu chip com crédito disponível. Importante: Não opte apenas pelo menor preço, lembre de escolher a operadora de melhor cursto x benefício. E assim chegamos ao fim da etapa de hoje da nossa Jornada do Rastreamento. Esperamos que essas dicas possam ser úteis na sua escolha. No próximo post, vamos falar sobre a instalação do seu rastreador veicular. Aguarde! Se quiser compartilhar conosco a sua dica para escolher a melhor operadora, deixe nos comentários :)

Equipe Mobiltracker

#JornadadoRastreamento #ChipdeRastreamento #RastreamentoVeicular

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
mouse (1).png

© 2013 - 2020 Mobiltracker . Plataforma de Rastreamento