• Mobiltracker

Como funciona um chip para rastreamento?



O mundo do rastreamento não é lá tão trivial. Além de palavras por vezes difíceis de compreender, ele possui diversas etapas até que você esteja de fato rastreando. Sabemos disso, e na medida do possível, tentamos esclarecer os principais aspectos. Uma dúvida recorrente é em relação ao uso de um chip para rastreamento.

Ao perceberem que um dos elementos necessários na Jornada do Rastreamento é o chip, muitas pessoas questionam como isso funciona. Já falamos sobre isso anteriormente. Então, no post de hoje vamos focar nossa atenção em informações complementares.

Compreendendo o conceito: Para rastrear, é preciso que você possua um dispositivo (que pode ser um rastreador ou um celular), que irá obter as informações de localização de um ponto através de um sinal GPS e informar ao sistema, que vai exibir dados no mapa do Portal Web ou no seu aplicativo Monitor Mobiltracker. Para que a informação seja corretamente enviada, ele vai precisar de internet, se for usar um plano de dados / GPRS ou de SMS. E é aí que entra o tal do chip.

GPS x GPRS: entenda a diferença no glossário do rastreamento.

Rastreamento veicular: No caso dos rastreadores veiculares, o chip será instalado no equipamento, que irá fazer todo o processo de coleta e envio de informações. Embora o consumo não seja lá muito grande, toda vez que ele enviar uma informação, utilizará um pouco de dados ou sms. Por isso sempre sugerimos que os planos sejam ilimitados (só para garantir que seu rastreamento não irá parar por saldo insuficiente).

Uma dúvida frequente é em relação às áreas de baixa cobertura. O que acontece se o equipamento está em uma região sem sinal? Alguns aparelhos como os modelos TK 102 e TK 103 possuem espaço para a inserção de um cartão de memória. Esse cartão permitirá ao aparelho armazenar as informações de localização coletadas, até que o sinal seja restabelecido para que ele possa enviar para o sistema. Apenas atente-se que, no Mobiltracker e em outros sistemas de rastreamento, a data e o horário que irão aparecer no seu histórico de localização serão os do envio da informação e não os do momento da coleta.

Rastreamento celular: No rastreamento via celular, a coisa é mais intuitiva e ocorre através da internet, seja utilizando dados ou um sinal wi-fi. Mas lembre-se: é preciso que você esteja com o GPS ativo para ele coletar a localização e a internet ligada para ele enviar as informações ao servidor de dados.

Viu só? À primeira vista é difícil! Mas depois de explicar, é mais simples do que parece :)

Esse post, assim como tantos outros que produzimos, foi escrito a partir de dúvidas ou comentários de usuários Mobiltracker. Por isso, sua contribuição é fundamental! Teve dúvida? Achou difícil alguma coisa no sistema? Não entendeu o que escrevemos? Comente! Contamos com você para melhorar cada dia mais!

Equipe Mobiltracker

#ChipdeRastreamento #RastreamentoVeicular

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
mouse (1).png

© 2013 - 2020 Mobiltracker . Plataforma de Rastreamento